Buteco Eco

​Nas origens do Buteco, quando ainda nos perguntávamos quais os propósitos que nos moveriam rumo à uma empresa, uma questão se sobressaiu e se firmou como um dos principais pilares sobre os quais nos apoiamos: a responsabilidade ambiental nos guiaria nas principais decisões que viriam. Assim, em todas as questões comerciais e em nossa prática diária, estamos sempre nos perguntando: esse é o melhor que podemos fazer para o meio em que vivemos? Essa ação está ajudando a preservar o meio ambiente? Estou sendo ambientalmente consciente com essa atitude? 


Isso nos levou a sentar com fornecedores e ir à fundo na questão da procedência do material com o qual iríamos trabalhar. Se o nosso tecido é 86% pet reciclado, qual a procedência desse pet? É de fato reciclado? Como se dá a coleta desse material? Se é uma cooperativa de catadores que recolhe esse material, qual a relação empresa-trabalhador? Enquanto não nos demos por satisfeito com essas respostas, não fechamos uma parceria e não demos início à nossa produção. Hoje, para nos atender, trazemos um tecido de Santa Catarina para o interior de Minas Gerais. Preferimos pagar por um frete mais alto e nos certificar que toda a cadeia que nos atende é sustentável que nos cercar de parceiros que não coadunam com nossos ideais. 
 

 O tecido das camisetas do Buteco possuem a TAG ECO, que garantem a rastreabilidade do fio até suas origens. Outro selo que nos orgulhamos de exibir é o da certificação OEKO-TEX®, que atesta que a produção destas malhas é isenta de substâncias nocivas para a saúde humana e ambientalmente amigável. A avaliação é criteriosa e considera todo o processo produtivo (matérias-primas, processos e equipamentos, produtos químicos), ensaios e amostras de produção e o sistema de qualidade implementado na fabricação do tecido. Além disso, o processo de fabricação das nossas camisetas é local e artesanal, 100% sob demanda. Assim, valorizamos a mão de obra local e sabemos exatamente como cada produto é feito. Não temos uma empresa terceira que explora seus funcionários em troca de um produto barato e um lucro máximo. Quem produz nossas camisetas são pessoas incríveis que recebem um valor justo por cada produto!


E nossa preocupação é tão real, que decidimos nos preocupar com os menores detalhes: nosso cartão com informações sobre o produto é feito em papel semente, que pode ser plantado e vira uma plantinha (de verdade!). Mais uma vez, vale observar que procuramos por uma empresa séria e que tem todo um conceito de sustentabilidade e responsabilidade social em sua essência.

Nossas embalagens também não ofendem o meio ambiente: usamos embalagem em papel pardo para as camisetas e papelão para as canecas. Buscamos eliminar o plástico de toda a nossa cadeia e estamos sempre buscando formas de colaborar ainda mais com o meio ambiente. Se você tem alguma sugestão ou se percebeu que estamos vacilando em algum detalhe, conta pra gente!



- VOCÊ SABIA?

- Em 2017, a organização sem fins lucrativos Textile Exchange, que promove o uso de tecidos mais sustentáveis, desafiou mais de 50 empresas de moda e vestuário (incluindo gigantes como a Adidas, H&M e Gap) a aumentar seu uso de poliéster reciclado em 25 por cento até 2020. Deu certo: em novembro, a organização divulgou uma nota comemorando que as empresas participantes não só cumpriram a meta dois anos antes do prazo, como ultrapassaram-na, tendo aumentado o uso de poliéster reciclado em 36 por cento. E mais: à época da nota, mais doze empresas se juntaram ao desafio. A Textile Exchange prevê que, até 2030, 20 por cento de todo o poliéster usado no mundo seja reciclado.

 

- Também conhecido como rPET, o poliéster reciclado é obtido por meio de um processo que derrete o plástico, transformando-no em fibra de poliéster. Embora muito se fale sobre as roupas feitas a partir de garrafas PET descartadas pelo consumidor comum, o tereftalato de polietileno também pode ser reciclado a partir de dejetos plásticos da indústria. Mas, apenas a título de exemplo, cinco garrafas de refrigerante geram fibra de poliéster suficiente para uma camiseta GG.


- Segundo a ONG inglesa Ocean Conservancy, 8 milhões de toneladas de plástico são jogadas nos mares todos os anos, além dos 150 milhões de toneladas que já circulam atualmente em ambientes marinhos. Se mantivermos esse ritmo, até 2050 haverá mais plástico do que peixes no oceano.


Você sabe como a malha de PET reciclado é feita? As garrafas são separadas, limpas e os rótulos são retirados. Depois disso, o plástico é quebrado em flocos e limpo novamente. Os flocos limpos são transformados em fibras e as fibras são processadas, virando fios de poliéster. Os fios de PET são então misturados com os fios de algodão reciclado e se transformam em uma malha leve e macia.

Sobre a loja

Camisetas de filosofia e poesia feitas com tecido 100% ecológico para pessoas provocadoras, questionadoras e que querem mudar o mundo de verdade! Se você se identifica com nossas causas, junte-se à nossa comunidade e vamos juntos nessa jornada!

Pague com
  • Mercado Pago
Selos

WILLIAN DAVID DE LIMA MARTINS 07054827660 - CNPJ: 29.671.822/0001-86 © Todos os direitos reservados. 2020